Roberto Mendonça

“O mestre das crônicas”

– Antônio Barreto

“Autor privilegiado, enfeitiça-nos com seu texto. Leva-nos a descobrir a grandeza do singelo”.

– Luís Giffoni

“O cronicar de Roberto, ainda que reverencie o pendor de um Braga (e são nítidos os ecos do Bruxo Eterno), traz em si o frescor da originalidade delicada e cortante.

– Antônio Siúves

“O Pé-de-coelho da crônica”

– Roberto Drummond

“Tudo pode dar crônica, desde que tenhamos olhos para captar o momento e coração para guardá-lo. Roberto Mendonça, jornalista experimentado nos embates da profissão e da vida, sabe disso tudo, e muito mais”.

– Carlos Herculano Lopes